Câmbio já fez "overshooting" e dólar não deve voltar a R$5,60-R$5,80, diz Guedes

·1 minuto de leitura
Ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de evento no Palácio do Planalto

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira que o câmbio já passou por o que classifica como "overshooting" e que a cotação do dólar, atualmente em torno dos 5,00 reais, não deve retomar os patamares elevados de anteriormente.

"O câmbio também está se acalmando, porque nós certamente já observamos o que classificamos como 'overshooting'. A taxa de câmbio foi a 5,80 (reais), 5,60 (reais), e agora recuperou-se a 5,00 (reais). Provavelmente o câmbio não terá essa alta novamente", disse Guedes, em inglês, em evento promovido pelo Bradesco BBI.

O dólar spot fechou o pregão de segunda-feira com variação positiva de 0,03%, a 5,0380 reais na venda. Até o momento em 2021, a moeda norte-americana acumula queda de aproximadamente 2,9% contra o real.

"Overshooting" denota uma moeda que estaria mais desvalorizada do que o que seria sugerido pelos fundamentos da economia.

(Por Gabriel Ponte)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos