Câmeras mostram casa balançar após explosão de fábrica que feriu 12 na Tailândia

Milhares de residentes foram evacuados depois que, pelo menos, 12 pessoas se feriram na explosão de uma fábrica de plásticos na Tailândia nesta manhã.

A explosão atingiu um prédio em Samut Prakan, nos arredores da capital Bangkok, por volta das 3 da manhã, horário local (no dia 5 de julho), formando um brilho alaranjado no céu noturno tailandês, seguido de nuvens de fumaça preta muito espessa. As imagens mostram as casas vizinhas ao prédio estremecendo e as janelas de vidro se quebrando.

Milhares de moradores locais aterrorizados, que viviam em um raio de oito quilômetros da fábrica, foram evacuados por conta do receio de acontecer uma segunda explosão. A polícia afirma que, pelo menos, 12 pessoas foram levadas às pressas para o hospital com ferimentos graves causados pela explosão na fábrica de poliestireno, Mingdih Chemical.

O capitão do departamento de polícia local, Sanhawach Kaewduangsri, que também é inspetor adjunto da delegacia de Bangkaew, na província de Samutprakarn, disse: "O fogo tomou a fábrica rapidamente. A maioria dos ferimentos foi causada pela explosão e estilhaços de vidro. Estamos agora evacuando todos os moradores locais para áreas mais seguras, caso ocorram mais explosões”.

Um morador que reside na área atingida contou à imprensa local: “Houve um som alto de explosão por volta das 3 da manhã que me fez acordar. As janelas e algumas partes do telhado da minha casa se quebraram”. Ainda não se sabe a causa da explosão e os bombeiros seguem trabalhando para conter as chamas.

Autoridades disseram que a fábrica abriga pelo menos cinco depósitos onde mais de 50 toneladas de produtos químicos estavam sendo armazenadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos