Cão-robô inspeciona usina nuclear de Chernobyl

Na semana passada, cientistas da Universidade de Bristol, no Reino Unido, usaram um cão-robô para rastrear a radioatividade na usina nuclear de Chernobyl. O objetivo era descobrir possíveis locais contaminados até então desconhecidos.