Cônsul de Portugal no Rio de Janeiro é feito refém durante assalto

·1 min de leitura

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Polícia Civil do Rio investiga um assalto ao consulado de Portugal na cidade. Segundo a polícia, o cônsul e sua família foram feitos reféns pelos assaltantes, que também invadiram uma residência vizinha.

Uma vizinha contou à polícia que o grupo era formado por seis homens armados, de acordo com o G1. Segundo ela, o bando teria surgido da mata atrás das residências por volta de 2h e rendido os seguranças.

O consulado fica em Botafogo, na zona sul da cidade. A polícia disse que fez diligências nas casas e na mata em busca de indícios que possam ajudar na identificação dos invasores. "A perícia foi realizada no local, e imagens de câmeras de segurança foram requisitadas para análise", afirmou, em nota.

O prédio da representação diplomática é um anexo do palácio de São Clemente, onde fica a residência do cônsul. Ao lado, há um prédio anexo onde funcionam os serviços consulares.

De acordo com o G1, a testemunha disse que os bandidos levaram joias e aparelhos eletrônicos de sua residência. A polícia disse que ainda está contabilizando os bens roubados.

A reportagem ainda não conseguiu contato com o consulado de Portugal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos