Cúpula Ibero-americana pede acesso urgente e igualitário às vacinas anticovid

·1 minuto de leitura
Sessão plenária da Cúpula Ibero-americana em Soldeu, Andorra, 21 de abril de 2021

Os países da América Latina e da península ibérica pediram nesta quarta-feira (21) "a distribuição urgente e equitativa das vacinas" contra o coronavírus, durante uma cúpula semipresencial celebrada em Andorra.

Na declaração final, aprovada na cúpula, os governos da região pediram "que o acesso, a compra e a distribuição das vacinas (...) sejam universais" e se evite "a concentração" das doses por parte dos países ricos.

O documento, acordado durante um encontro em que a maioria dos chefes de Estado latino-americanos participou por videoconferência, solicita "que se propicie a distribuição urgente de vacinas seguras e eficazes (...) para conseguir que sejam um bem público de cobertura universal".

O apelo ocorre em um momento crítico para a América Latina, a segunda região mais enlutada do mundo pela pandemia, com mais de 873.000 falecidos: enquanto vacinou menos de 10% da sua população, volta a viver uma situação sanitária grave, com recordes diários de mortes e contágios em vários países.

A declaração também pediu um impulso ao programa Covax, uma associação público-privada entre a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Aliança Global das Vacinas (GAVI) e a Coalizão para Inovações em Preparação para Pandemias (CEPI) para garantir uma distribuição igualitária das vacinas.

Pensando na recuperação pós-pandemia na América Latina, que viu seu PIB despencar 7% em 2020 e seus indicadores sobre pobreza extrema perderem décadas de avanços, a declaração solicitou o fortalecimento dos organismos multilaterais de financiamento para permitir um "acesso justo e inclusivo a mecanismos inovadores e efetivos de financiamento" para a região.

Também pediu para "flexibilizar os critérios de elegibilidade" das instituições financeiras internacionais e "avaliar a melhor forma de ampliar os instrumentos para incrementar a ajuda financeira, técnica e tecnológica".

du/tjc/mvv