Cúpula do TJ-SP vai analisar norma que veta acesso de magistrado não vacinado

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 11.10.2019 - Fachada do prédio do Palácio da Justiça de São Paulo, sede do Tribunal de Justiça de São Paulo, na praça Clóvis Beviláqua, no centro de São Paulo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1910142220611999
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 11.10.2019 - Fachada do prédio do Palácio da Justiça de São Paulo, sede do Tribunal de Justiça de São Paulo, na praça Clóvis Beviláqua, no centro de São Paulo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1910142220611999

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A cúpula do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) deve analisar na próxima quarta-feira (20) um pedido que questiona a restrição nos prédios da corte de desembargadores não vacinados contra a Covid-19.

O requerimento entrou na pauta do órgão especial, formado pela elite dos magistrados do TJ-SP.

O TJ tem solicitado comprovantes de vacinação para os magistrados ingressarem nos prédios do Judiciário, mas alguns juízes e desembargadores ainda resistem. Um grupo de juízes considerados conservadores chegou a reclamar da medida à associação que representa a categoria.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos