Caçador mata seu companheiro ao confundí-lo com javali na Espanha

 



Em alguns países do mundo, a caça de animais além de ser legalizada é considerada como um “esporte relaxante”. Posições contrários de ONGs à parte, a prática costuma tomar horas de seus praticantes, mas pode nem sempre acabar bem.

Foi o que ocorreu em uma pequena cidade da Catalunha, na Espanha. Um homem caçava ao lado de seu companheiro quando eles se afastaram e deram início ao enredo de uma tragédia que é investigada pela polícia.

Durante o momento da caça em que estavam afastados, o homem em questão atirou sem querer em seu companheiro. Tudo porque confundiu o amigo com o javali que ambos pretendiam caçar e levar para casa.

Os disparos que causaram a morte, segundo relato do próprio caçador, começaram após ele notar uma movimentação em um arbusto. Sem hesitar, atirou pensando se tratar do javali. Ao ouvir o grito desesperado da vítima, se desesperou junto e ficou aguardando o resgate.

Apesar de ágil, o resgate não conseguiu chegar a tempo para salvar a vítima, uma vez que os dois caçadores estavam em uma parte de mata bastante cerrada, o que dificultou bastante a chegada. O caçador atingido não resistiu e morreu no mesmo local onde foi abatido.

A polícia está investigando o caso e, até agora, tem apenas a versão do caçador, que é a única testemunha do fato. Se os exames de balística derem respaldo ao que ele disse, o homem deverá ser indiciado por homicídio culposo, sem a intenção de matar.