Cacau Protásio recebe a solidariedade da União da Ilha, após ser alvo de racismo

Cacau desfila sempre na União da Ilha

Cacau Protásio recebeu a solidariedade da União da Ilha do Governador, escola do Grupo Especial na qual a atriz desfila sempre. Figura muito querida na agremiação, ela foi alvo de ataques em mensagens de áudio de WhatsApp durante filmagem do longa-metragem "Juntos e enrolados" no Quartel Central do Corpo de Bombeiros, no Centro do Rio, no último domingo.  

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente! 

Em nota, a assessoria de imprensa da corporação afirma que "O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) não compactua com qualquer ato discriminatório. A corporação se solidariza com a atriz Cacau Protásio e já abriu procedimento interno para identificar o(s) militar(es) e apurar a conduta.

O CBMERJ reforça o seu compromisso com a população de Vida Alheia e Riquezas Salvar independente de cor, gênero, raça ou qualquer outra distinção. Os atos divulgados não representam a corporação centenária que, por anos seguidos, é considerada a instituição mais confiável do Brasil."