Cachoeiras no Rio de Janeiro para redobrar (ou recuperar) as energias; veja lista

É tempo de deixar as águas rolarem, para que fiquem para trás os resíduos (não desejáveis) do ano que se vai. Que tal redobrar — ou recuperar — as energias com um banho de cachoeira? Há opções abundantes na cidade.

Lista: 'Duna 2', 'Barbie', 'Guardiões da Galáxia 3': os filmes mais aguardados de 2023

Passeio no RJ: Além da arte, os jardins: áreas verdes são atração em museus cariocas

O passeio pelo Parque Nacional da Floresta da Tijuca — com acesso pelo Alto da Boa Vista — é certeza de bons mergulhos, com sombra e água fresca. A dica é chegar cedo (abre às 8h), pois os portões são cerrados de acordo com a quantidade de pessoas presentes. Esfrie a cabeça na famosa Cachoeira das Almas (há placas indicando a trilha), em seguida, caminhe cerca de 30 minutos — a partir da gruta Paulo e Virgínia — para chegar a duas quedas d’água normalmente menos movimentadas, a Diamantina e a própria Paulo e Virgínia. O caminho também é sinalizado, a partir da Estrada da Cascatinha.

Parte do circuito de quedas d’água do Horto, no lado oposto do Parque da Tijuca, a Cachoeira do Chuveiro é alternativa de fácil acesso na Zona Sul. A trilha tem início ao lado da Cachoeira do Quebra, onde também é possível tomar banho, e sem qualquer esforço no meio da mata, já que ela fica rente à Estrada Dona Castorina.

Também no Jardim Botânico, a Cachoeira dos Primatas é outra alternativa para lavar corpo e mente. Mais afastada do asfalto, ela é acessada por meio de uma trilha — com duração de 30 a 40 minutos — a partir da Rua Sara Vilela. Use tênis!

Menos conhecida, devido à distância e ao acesso um pouco mais complicado, a Cachoeira do Mucuíba, em Vargem Grande, ostenta três belos poços. É preciso fazer uma caminhada de cerca de uma hora, a partir da entrada do Parque Estadual da Pedra Branca, pela Estrada do Mucuíba. Além das belezas naturais, há atrações históricas, como a comunidade quilombola Cafundá Astrogilda.

Fazer o bem, que mal tem?

Não deixe para o próximo ano aquilo que você pode fazer em 2022. Ativistas ambientais convocam a população para engrossar — na sexta-feira (30), entre 9h e 13h — um mutirão pela Praia do Leme, com início na altura da Rua Anchieta. O objetivo é conscientizar banhistas sobre a importância de se recolher todo o lixo das areias. E dá para fazer mais. Importante espaço de gastronomia social no Centro, o Gastromotiva abriu inscrições para o programa de voluntariado. Para integrar a equipe da organização que prepara e serve refeições para pessoas em situação de insegurança alimentar, é preciso preencher um formulário, por meio do site da organização.