Cachorro vítima de incêndio ajuda pacientes que tratam queimaduras nos EUA

Taka se tornou embaixador do Centro de Queimados JMS e ganhou o prêmi ode "cachorro do ano" nos EUA

Taka sobreviveu a um incêndio em outubro do ano passado na Geórgia, nos Estados Unidos. O Shiba Inu de nove anos passou por um longo tratamento após o acidente para curar ferimentos e superar traumas psicológicos. Neste ano, já curado, se tornou um cão de apoio que ajuda no tratamento de vítimas de queimaduras.

Por enquanto, o trabalho de Taka é realizar visitas em hospitais especializados no tratamento de queimados, como uma maneira de inspirar as vítimas. Mas, Mandy Foster, responsável pelo treinamento do animal, diz que Taka em breve poderá ser considerado um "cão de terapia", quando estiver apto a ficar mais tempo sozinho, interagindo com desconhecidos. Segundo a treinadora, até o momento, ele está respondendo muito bem às lições.

— Ele tem o temperamento certo para isso. É algo que vai beneficiar tanto ele quanto os pacientes dos hospital — disse a treinadora  à emissora de TV "WRDW".
Dona do cão, a veterinária Cristal Lesley conta que ficou "encantada" com as mudanças pelas quais Taka passou após iniciar o treinamento. Para ela, é gratificante ver o cão ajudando outras pessoas.

— Saber que ele poderia ser um incentivo ou, pelo menos, uma luz no fim do túnel para uma criança ou qualquer pessoa que tenha passado pelo que ele passou é o que nos motiva a fazer isso — ressaltou Cristal.