Caetano Veloso teve crise de riso nos bastidores de vídeo do Porta dos Fundos; veja making of

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Caetano Veloso não conseguiu segurar o riso diante do forte sotaque paulistano emulado por Gregório Duvivier no novo vídeo do Porta dos Fundos, que tem a participação do cantor e da produtora Paula Lavigne.

"Toda vez eu rio por causa desse sotaque. O sotaque é muito bom", afirmou Caetano ao interromper a gravação do esquete para... gargalhar. "Olha, o Gregório fica vaidoso por causa do sotaque, que você gostou, e aí ele começa a fazer um sotaque mais forte, entendeu?", respondeu João Vicente de Castro ao cantor e compositor, nos bastidores (veja abaixo).

No vídeo em que Caetano Veloso e a mulher interpretam eles mesmos, João Vicente de Castro vive o presidente de uma gravadora e Gregorio Duvivier, o diretor de marketing da empresa. Na história, ambos dão dicas para o cantor produzir músicas que façam sucesso no Tik Tok (confira o vídeo abaixo).

— Foi muito bom gravar com eles. Caetano é um pouco tímido para essas coisas. Mas foi legal porque a gente viu que eles se divertiram muito. Foi uma delícia — comenta João Vicente de Castro — Sem dúvida, a parte que mais fez eles rirem foi quando a gente fez a dancinha sem avisar. Caetano, em especial arregalou o olho e ficou tentando segurar o riso, mas não conseguiu.

Por ironia, a tal "dancinha" inspirada em coreografias que viralizam e impulsionam canções sertanejas no Tik Tok acabou ganhando força na rede social. Usuários do Tik Tok têm reproduzido a dança criada por Gregório e João Vicente para a música "Anjos tronchos", presente em "Meu coco", novo disco de Caetano. Nomes como o ator Mateus Solano embarcaram na brincadeira.

Conhecido por seus vídeos curtos, seus desafios e suas coreografias de adolescentes, o TikTok é hoje, de fato, uma plataforma que a indústria da música — artistas, produtores, gravadoras, streaming, rádio e TV — não tem como ignorar.

A rede social criada na China tem sido o responsável não só pelo surgimento repentino de nomes como os do jordaniano e de jovens brasileiros como João Gomes, Malu (com a regravação de “Disco arranhado”, do ídolo romântico do piseiro Tierry, que a levou a ser contratada pela Universal) e Vicka, como pela manutenção das carreiras de artistas estabelecidos e até pela revitalização dos catálogos musicais.

Confira também:Entenda a fórmula usada em músicas criadas para fazer sucesso a partir do Tik Tok

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos