Café e livros de dia, cerveja e música à noite: uma banca de jornal diferente em Botafogo

Uma banca de jornal que vende livros, tem cara de café e se transforma em um bar. Parece confuso, mas a Botta Banca é mesmo uma mistura de tudo isso. Localizado no Largo Almirante Indio do Brasil, em frente ao número 454 da Praia de Botafogo, o espaço, inaugurado no fim do ano passado, foi inspirado em um empreendimento de Barcelona, na Espanha.

Cartão-postal: Livro traz imagens da fauna e da flora e novos ângulos do bondinho do Pão de Açúcar

De graça: Academia ao ar livre em Ipanema oferece musculação e aulas variadas

A proposta, segundo o proprietário Leandro Araújo, é ser uma pausa em um dia corrido. Voltado para aqueles que valorizam a cultura brasileira, o local serve um café especial moído na hora, o qual é possível degustar acompanhado de um bom livro e uma trilha sonora que é a cara do nosso país. Tudo isso de frente para um dos maiores cartões-postais da cidade, o bondinho do Pão de Açúcar.

— Oferecemos cafés expressos especiais, um cappuccino de beber de joelhos, livros com uma curadoria sociocultural escolhida a dedo, uma cervejinha gelada pós-trabalho e, é claro, um bom papo. Transformamos uma “simples” banca de jornal num lugar de pertencimento e acolhimento — resume Araújo.

O empresário ressalta que o intuito vai muito além do que simplesmente faturar. Passa, em suas palavras, por promover o encontro e a união de pessoas, além de conhecimento e absorção da cultura do Rio como um todo.

— Além do Túnel Rebouças (gíria para o que está fora da Zona Sul), nossa banca tem a arte do grafite de Realengo, tem as mãos de mulheres na construção e fornecedores que apoiam a igualdade de todas as formas, porque aqui somos e apreciamos a diferença — conclui o microempresário.

Os livros selecionados e à venda na Botta Banca têm temáticas sociais como racismo e feminismo. Entre os títulos disponíveis estão “Lugar de fala”, de Djamila Ribeiro; e “Racismo estrutural”, de Silvio Almeida.