Caged registra criação de 277 mil postos de trabalho com carteira assinada em maio

O Ministério do Trabalho e Previdência divulgou nesta segunda-feira que foram criadas 277.018 vagas de emprego com carteira assinada em maio de 2022. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O desempenho de maio é resultado de 1.960.960 admissões e 1.683.942 demissões. O número de admissões superou o de abril e o de desligamentos também foi superior, mas em um patamar menor.

Na comparação com o mesmo mês de 2021, a criação de vagas foi maior neste ano. Na estatísticas ajustada, foram 266,4 mil vagas criadas em maio do ano passado.

De janeiro até maio, todos os meses tiveram saldo positivo e no acumulado, o número chegou a 1,05 milhão. O número é menor do a criação de R$ 1,16 milhão no mesmo período do ano passado.

O setor que mais contribuiu para a criação de empregos no ano foi o de serviços, com 658,1 mil vagas de saldo positivo. Em seguida, vem a indústria, com 174,8 mil e a construção, com 155,5 mil vagas. Agricultura com 49,2 mil e comércio, com 13,9 mil, completam a lista.

O salário médio de admissão em maio caiu para R$ 1.957,78 contra R$ 1.966,54 no mês anterior. Em maio do ano passado, a média chegava a R$ 2.082,61.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos