'Caguei para a CPI'

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que não responderá à carta protocolada no Palácio do Planalto na qual a cúpula da CPI da Covid pede a ele que informe se fez referência ao líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros, em conversa sobre uma compra suspeita de vacinas pelo governo. Bolsonaro disse que "cagou" para a CPI.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos