Caio Castro aproveita polêmica para pedir doações de cestas básicas

Caio Castro aproveitou engajamento com polêmica para pedir doações de cestas básicas a seguidores (Foto: AgNews)
Caio Castro aproveitou engajamento com polêmica para pedir doações de cestas básicas a seguidores (Foto: AgNews)

O nome de Caio Castro esteve em alta nesta semana após o ator afirmar, durante participação no podcast "Sua Brother", que se incomoda com o fato de se sentir obrigado a "pagar a conta" quando sai com alguém. Na ocasião, ele também usou a expressão "sustentar", o que dividiu opiniões nas redes sociais. Aproveitando o engajamento, ele estimulou seus seguidores a doarem cestas básicas a quem precisa.

"Muito se falou do meu nome nesses últimos dias sobre a grande polêmica de o homem ter obrigação de pagar a conta ou não. Muitas opiniões diferentes. Gerou uma polêmica muito grande em relação a isso. Meu nome estava envolvido. Afinal, eu que levantei essa bandeira", começou o ator em um vídeo publicado no Instagram.

"De fato, sua opinião é diferente da minha ou igual, isso não vai mudar. O que fazer com isso? Respeitar a opinião do próximo", continuou. "Aproveitando a oportunidade que tenho agora, da quantidade de pessoas visitando meu perfil, convido você para uma coisa. Convido vocês, que não têm obrigação alguma e não vou achar vocês mão de vaca caso não aceitarem, mas deixo a conta bancária e faço questão de comprar cestas básicas para as pessoas que precisam de alimentos nos dias de hoje. Mais uma vez, você não tem obrigação alguma, faça se quiser."

Entenda polêmica

Caio Castro assumiu que não gosta da ideia de sair com uma mulher e ela não se oferecer para dividir a conta de um restaurante, por exemplo. "Qual a diferença entre pagar a conta e ter [enfatiza] que pagar a conta? Me incomoda muito essa sensação de ter que sustentar, ter que pagar... Eu não tenho que fazer p***** nenhuma. Quando faço questão de chamar para jantar, vou ao banheiro e lá já pago a conta... A conta nem chega e está tudo resolvido. Agora, pediu a conta, não se mexeu e deixa como se eu tivesse esse papel? Não. Você não é minha filha", explicou.

Algumas pessoas concordaram com o artista. Outras apontaram machismo e chamaram atenção para o fato de um homem rico achar que pagar um jantar já signifique "sustentar uma mulher". Ele se justificou no Instagram: "Não conseguir compreender uma fala demonstra a presença de um erro; compreendê-la, mas deturpá-la, demonstra ausência de honestidade. Pagar jantar não é sustentar uma pessoa; mas dizer que afirmei tal coisa é sustentar uma mentira", iniciou.

"Vou repetir a minha fala, pra ver se, desta vez, não repetem o erro de compreensão: (abre aspas) 'Tem diferença entre pagar a conta e TER que pagar; me incomoda a sensação de TER que sustentar, TER que pagar' (fecha aspas). Em minha fala, foquei na imposição de pagar; quem inventa outra coisa é porque não focou na sinceridade. Pagar um jantar, almoço, lanche, por vontade, é perfeitamente saudável; doentio é, na verdade, alimentar a mentira", completou Caio Castro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos