Caitlyn Jenner, ícone trans, anuncia candidatura ao governo da Califórnia

Andrew MARSZAL
·2 minuto de leitura
A estrela americana e ex-campeã olímpica Caitlyn Jenner anunciou que vai concorrer ao governo da Califórnia

Caitlyn Jenner, ex-estrela olímpica e membro do clã Kardashian, anunciou nesta sexta-feira (23) que apresentou os documentos para concorrer ao governo da Califórnia, em uma tentativa de se tornar a primeira pessoa transgênero nesse cargo nos Estados Unidos.

"Estou dentro!", disse a ex-decatleta de 71 anos em um comunicado, e acrescentou que fará depois o lançamento formal de sua campanha, presumivelmente como republicana. "Sou uma vencedora comprovada e a única outsider que pode colocar fim à desastrosa era de Gavin Newsom como governador", afirmou.

Jenner é a figura de maior destaque fora da esfera política que concorre a um governo estadual desde que a lenda de Hollywood Arnold Schwarzenegger conquistou uma surpreendente vitória republicana na Califórnia em 2003. Ele foi governador por mais de sete anos.

Embora os especialistas considerem improvável que a candidatura de Jenner se concretize, ela chega em um momento em que Newsom, um democrata de São Francisco de 53 anos, enfrenta fortes críticas por sua forma de lidar com a pandemia de coronavírus, especialmente pelo confinamento que afetou muito as empresas e famílias do estado.

A Califórnia deve realizar este ano a segunda eleição revogatória de sua história, já que uma iniciativa contra Newsom parece estar no caminho certo para garantir o número necessário de assinaturas para pedir uma nova votação.

Jenner alcançou a fama nos Jogos Olímpicos de Montreal em 1976, ao ganhar uma medalha de ouro antes de sua transição de gênero em 2015.

Ela era casada com Kris Jenner, a matriarca da família Kardashian, cujo reality show "Keeping Up With the Kardashians" faz sucesso há duas décadas na televisão. Sua transição de gênero foi documentada pelas câmeras do programa e ajudou a apresentá-la a uma nova geração de fãs.

- "Economicamente conservadora, socialmente progressista" -

Jenner, que se descreveu em entrevistas como "economicamente conservadora, socialmente progressista", não se referiu ao Partido Republicano ao anunciar sua candidatura.

Inicialmente apoiadora do ex-presidente republicano Donald Trump, em 2018 ela escreveu um artigo de opinião no The Washington Post no qual o acusava de usar a comunidade trans como "peões políticos". "Não apoio Trump", escreveu.

No entanto, vários veículos norte-americanos alegaram que Jenner se reuniu com estrategistas republicanos veteranos antes de apresentar sua candidatura.

Renomados políticos republicanos, incluindo o ex-prefeito de San Diego Kevin Faulconer, anunciaram que concorrerão ao governo, em uma arena eleitoral que provavelmente será bastante concorrida.

O Partido Democrata, por sua vez, tem apoiado amplamente Newsom, e não há indícios de qualquer ação contra seu governo dentro de suas fileiras.

amz-mlm/dw/yo/lda/ic