Caixão da rainha Isabel II chega esta terça-feira a Londres

O caixão com o corpo da rainha Isabel II sai esta terça-feira de avião, de Edimburgo, na Escócia, a caminho do Palácio de Buckingham, em Londres.

Quarta-feira será transferido para o edifício do Parlamento Britânico, onde o público poderá prestar uma última homenagem à monarca, durante quatro dias.

Na Escócia foram muitas as pessoas que se quiseram despedir da rainha e que acorreram a uma vigília na Catedral de Santo Egídio para manifestar o apreço por Isabel II.

"Penso que correu tudo de forma muito serena na Igreja e foi um momento realmente surreal. Ela está em descanso, isso é o principal", lembrou Peter, um reformado que se deslocou ao local.

Jo Williams, uma antiga agente prisional, acrescentou: "foi impressionante, foi emocionante. Percebemos que estava tudo muito calmo e pacífico, o que foi bom de ver. O que achei bastante emocionante foi o fato de que é chocante pensar que ela está num caixão. Ainda não parece real."

Antes de aceitar as condolências dos deputados do Parlamento escocês, o rei Carlos II lembrou como a mãe valorizava a Escócia: "durante todos os anos de reinado, a rainha Isabel II, como muitas outras gerações da nossa família antes dela, encontraram nas montanhas desta terra, e no coração do seu povo, um refúgio e um lar."

As atenções estão agora voltadas para Londres em plena contagem decrescente para o funeral de Estado da próxima segunda-feira.