Caixa abre agências neste sábado para saques de FGTS e auxílio emergencial

Extra
·2 minuto de leitura
Foto: Marcelo Camargo
Foto: Marcelo Camargo

Trabalhadores nascidos em novembro e dezembro — que tenham contas ativas e/ou inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço — poderão sacar até R$ 1.045 neste sábado (dia 14). Com agências abertas em todo o país, a Caixa Econômica Federal vai encerrar o calendário de saques emergenciais do FGTS, liberados pelo governo federal em decorrência da pandemia.

Esses cotistas tiveram o dinheiro depositado em suas contas poupanças sociais digitais em 14 de setembro. Neste período de dois meses, eles puderam movimentar a quantia pelo aplicativo Caixa Tem (aqueles que tinham apenas contas digitais da Caixa) ou transferi-la para outra conta de sua titularidade (clientes bancários).

Também neste sábado, a Caixa vai liberar as retiradas em dinheiro de uma nova parcela do auxílio emergencial para 3,8 milhões de nascidos em março. São pessoas que tiveram o dinheiro creditado em 7 de outubro (pagamento referente ao ciclo 3) ou em 5 de novembro (calendário do ciclo 4). Por enquanto, era possível movimentar o benefício pelo app Caixa Tem. Agora, será permitido o saque. Ao todo, serão beneficiadas 3,8 milhões de pessoas.

Neste domingo (dia 15), a instituição financeira manterá suas agências fechadas, mas vai depositar o auxílio emergencial para 3,6 milhões de nascidos em setembro. Esse crédito também é referente ao ciclo 4 de pagamentos. Mas a retirada — ou a transferência bancária — somente estará liberada a partir de 28 de novembro.

Os beneficiados são trabalhadores informais, autônomos, desempregados sem seguro-desemprego, microempreendedores individuais (MEIs) e inscritos no Cadastro Único do Ministério da Cidadania sem direito ao Bolsa Família, que se inscreveram pelo aplicativo, pelo site do banco ou pelos Correios.

Muitos cidadãos já vêm recebendo cotas do auxílio emergencial extensão (R$ 300). São pessoas que já sacaram todas as cinco parcelas inicialmente previstas de R$ 600. Outros, no entanto, tiveram seus benefícios aprovados ou liberados tardiamente, fazendo jus ainda aos primeiros pagamentos, de maior valor. Parte deles, portanto, não chegará a sacar todas as nove cotas pagas pelo governo federal.