Caixa faz campanha e renegocia contratos de penhor em atraso há mais de 60 dias

A Caixa lançou uma campanha para incentivar a renegociação de contratos de penhor em atraso há mais de 60 dias. A ação vai até o dia 29 de julho, com descontos a partir de 44% para renovar, pagar ou liquidar as parcelas vencidas.

Os interessados podem procurar uma das mais de 4.200 agências do banco no país, com RG, CPF em situação regular e comprovante de residência.​

A Caixa esclarece que os descontos incidem, exclusivamente, sobre os encargos por atraso e variam de acordo com características do crédito.Informações podem ser obtidas na página da Caixa.

O cliente que mantém o contrato em dia não corre o risco de ter o bem leiloado. No caso da renovação, o tomador paga uma parte da dívida, tornando-se adimplente. Se optar pela liquidação, ele paga o total devido, e o item penhorado é devolvido.

Como funciona o penhor

O penhor é uma linha de crédito com uma das menores taxas do mercado (a partir de 1,99% ao mês para contratos de parcela única e 3,65% ao mês para os contratos de pagamento parcelado). Essa modalidade dispensa a necessidade de análise cadastral ou avalista. O empréstimo pode ser feito inclusive por uma pessoa com o nome sujo.

Para saber que unidades oferecem o serviço penhor, basta consultar o site. O dinheiro é liberado na hora.

O banco aceita como garantia joias em ouro, platina, prata e pérolas, além de relógios e canetas de valor. Depois de penhorar o bem, o contrato pode ser renovado quantas vezes a pessoa quiser. Quando ocorre a quitação, o item é devolvido.

Os prazos para pagamento são de até 180 dias, no caso do penhor tradicional, com pagamento em parcela única, e de 2 a 60 meses, no penhor parcelado.

Segundo a Caixa, o montante contratado é estabelecido pelo cliente, de acordo com sua necessidade, desde que limitado ao valor da avaliação do bem, podendo chegar a 100% no caso de quem é cliente do banco. Para os não clientes, o empréstimo é de até 85%.

Há também um mínimo de R$ 50, para o penhor tradicional, e de até R$ 100 para a parcela, no caso do penhor parcelado.

Vale destacar que a avaliação do bem somente pode ser feita em uma agência que tenha o serviço de penhor. Entretanto, a renovação ou a liquidação de um contrato pode ser feita em qualquer unidade do banco.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos