Caixa registra lucro de R$ 3 bilhões no primeiro trimestre de 2020

Geralda Doca

BRASÍLIA - A Caixa Econômica Federal apresentou no primeiro trimestre de 2020 lucro líquido de R$ 3,049 bilhões. O resultado representa queda de 7,5% em relação ao ganho auferido no mesmo período de 2019, que foi de R$ 3,295 bilhões.

Segundo balanço divulgado pelo banco, as receitas com tarifas somaram R$ 5,794 bilhões, redução de 0,7% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado.

Esse desempenho só não foi pior porque a Caixa ganhou R$ 1,837 bilhão do governo para pagar benefícios sociais, uma alta de 8,3%. Já as tarifas cobradas dos correntistas caíram 11,8%, para R$ 1,351 bilhões.

Com a piora dos indicadores da economia por causa da crise causada pela pandemia do novo coronavírus, o provisionamento para créditos duvidosos subiu 25,2% em dezembro para R$ 2,012 bilhões em março deste ano.

A taxa de inadimplência de contas com mais de 90 dias de atraso aumentou de 2,17% para 3,14%, no período. O percentual foi maior para empresas, que passou de 4,26% para 5,43%. De pessoas físicas, de 5,33% para 5,83%.