Calçadões no entorno do Theatro Municipal, em SP, terão Zona Azul noturna

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Calçadões no entorno do Theatro Municipal, no centro de São Paulo, serão transformados em área de Zona Azul noturna para estacionamento de veículos.

O anúncio foi feito pela Secretaria Municipal de Trânsito e pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) na manhã desta quinta-feira (19). A data do início da implantação ainda está sendo definida. As vagas poderão ser utilizadas entre as 19h e as 2h.

Ao todo, segundo a prefeitura, serão 275 vagas, sendo sendo 200 na alameda Barão de Itapetininga e nas ruas Conselheiro Crispiniano e Marconi, além de 75 em vias do entorno.

"A medida leva em consideração a baixa circulação de pedestres pelos calçadões do centro no período noturno e a alta demanda por vagas de estacionamento do público do teatro em dias de apresentações", diz a prefeitura, em nota.

O usuário terá de fazer o pagamento por meio de aplicativo da empresa Estapar, concessionária que administra a Zona Azul na cidade de São Paulo. Nestes locais e horários, um crédito dará direito a duas horas de estacionamento e dois, a quatro horas.

Haverá orientação para que o acesso seja restrito às vagas, para o momento de chegada e saída, não sendo permitida a circulação veicular nos calçadões em nenhuma outra circunstância, diz a secretaria.

O anúncio da criação da Zona Azul noturna no centro de São Paulo foi feita no mesmo dia da divulgação de reajuste na cobrança por estacionamento em vias públicas da capital paulista.

O valor para estacionar nas vagas de Zona Azul na cidade de São Paulo vai subir de R$ 5,75 para R$ 6,08 a partir desta sexta-feira (20). O aumento foi publicado nesta quinta (19) no Diário Oficial do Município.

O reajuste anunciado é de 5,7%. O último aumento ocorreu em 20 de janeiro de 2022, quando a tarifa aumentou de R$ 5 para os atuais R$ 5,75.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito, o percentual de aumento reflete a inflação.

O CAD (Cartão Azul Digital) adquirido antes da alteração da tarifa continua valendo. O reajuste só passa a valer para a ativação dos cartões após esta sexta.