Calçada cede e 33 pessoas caem em tubulação de rio em Joinville (SC)

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Trinta e três pessoas caíram em um trecho de tubulação do rio Cachoeira, em Joinville (SC), após parte da calçada do local ceder na noite desta segunda-feira (22). O acidente aconteceu nos primeiros minutos de abertura do Natal Cultural, evento tradicional na cidade.

As vítimas do acidente, 21 adultos e 12 crianças, foram retiradas da galeria fluvial e encaminhadas para o Hospital Municipal São José e para o Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria. Segundo a prefeitura, nenhuma delas teve ferimentos graves.

Equipes de segurança e salvamento resgataram as vítimas e prestaram os primeiros-socorros, mas houve gritaria e princípio de pânico no local.

A cerimônia foi interrompida durante 40 minutos e, apesar do susto, retomada após o socorro aos feridos.

Em nota, a prefeitura informou que a cerimônia foi retomada após todas as vítimas serem atendidas e chegar a informação de que não havia ninguém em estado grave.

Nas redes sociais, moradores da cidade criticaram o fato de a festa continuar enquanto bombeiros ainda procuravam mais feridos no trecho do rio que fica próximo à tubulação.

"A cerimônia continua com show, música, luzes. Que coisa horrorosa! Que coisa bisonha! Que vergonha para Joinville", disse um desses moradores.

Entre as atrações do Natal Cultural estavam o acendimento de luzes festivas, a chegada do Papai Noel, coral infantil com músicas natalinas e uma encenação teatral em que uma menina pedia a volta do brilho natalino a Joinville.

O evento foi realizado em frente à sede da prefeitura, no bairro Saguaçu. A avenida Hermann August Lepper foi interditada.

"Agradecemos por não ter nenhuma pessoa em estado grave e também pelo pronto-atendimento prestado para todas as vítimas", disse o prefeito Adriano Silva (Partido Novo).

Bombeiros voluntários, policiais militares, profissionais do Samu e Defesa Civil municipal e estadual atuaram no atendimento às vítimas. O socorro aos feridos contou com ambulâncias de empresas privadas.

Vinte e dois pacientes já receberam alta do Hospital São José. Entre eles está uma criança de 9 anos. Outras onze crianças, entre 1 e 11 anos, foram atendidas no Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria e não há informações sobre a alta. O estado delas é estável.

Técnicos do Instituto Geral de Perícias e policiais civis foram ao local logo após o acidente. Nesta terça-feira (23), profissionais da Secretaria de Infraestrutura Urbana e da Defesa Civil farão uma vistoria e uma avaliação da estrutura da calçada e da tubulação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos