Calçado americano vai ganhar o mundo como Havaianas, diz presidente da Alpargatas

·2 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.06.2021 - Roberto Funari, presidente da Alpargatas. (Foto: Ronny Santos/Folhapress) ORG XMIT: AGEN2106171729954242
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.06.2021 - Roberto Funari, presidente da Alpargatas. (Foto: Ronny Santos/Folhapress) ORG XMIT: AGEN2106171729954242

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Para Roberto Funari, presidente da Alpargatas, que nesta segunda (20) anunciou investimento bilionário na americana Rothy's, uma marca nativa digital de calçados feitos de insumo sustentável da Califórnia, a ideia que prevalece no negócio é complementaridade e similaridade com a Havaianas.

Ele diz ver potencial para que a jovem empresa, que começou a vender produtos feitos de garrafa PET reciclada em 2016, siga trajetória semelhante à da Havaianas na expansão internacional.

"A Havaianas foi do Brasil para ganhar o mundo. Queremos ver a Rothy's dos Estados Unidos para ganhar o mundo", diz Funari.

Enquanto a marca brasileira tem calçados abertos para ocasiões de uso fora de casa e lazer, a Rothy's entra com sapatos fechados para trabalho ou atividades diárias da rotina. A Havaianas é forte no Brasil e na Europa, já a nova marca chega com pilar construído nos Estados Unidos. Ambas entraram neste ano na categoria de sneackers, que é a de maior crescimento, mas todo o restante do portfólio é complementar.

"Além de geografia e ocasiões de uso, tem a questão dos canais. A Rothy's já nasceu no digital. A Havaianas tem faixa de preço democrática. Essa é uma marca mais premium. Vai crescer muito em calçados fechados", diz Funari.

Para o executivo, a transação é também mais um gesto da centenária Alpargatas em direção à expansão digital e da capacidade de inovação tecnológica, que vem sendo perseguida nos últimos anos, como a recente aquisição da empresa de soluções digitais Ioasys.

Funari afirma que as marcas vão operar separadas, mas explorando oportunidades conjuntas, como a expansão internacional, para aproveitar a presença da Havaianas em múltiplos canais de vendas, a infraestrutura de ecommerce e cadeia de suprimentos.

Segundo o executivo, a Rothy's também favorece o negócio com sua manufatura própria de 350 máquinas de tricotagem na China, enquanto a Havaianas tem logística global.

Parte do investimento entra em construção de marca, expansão da rede de lojas no varejo, fortalecimento de operações e inovação.

O acordo para compra de 49,9% Rothy's por até US$ 475 milhões (R$ 2,7 bilhões) está previsto para ocorrer em etapas. A operação depende a aprovação de autoridades antitruste norte-americanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos