Calcinha Preta lança primeiro álbum sem Paulinha Abelha nos vocais, 'Do passado ao presente'

Uma das bandas de forró eletrônico mais conhecidas do Brasil, Calcinha Preta se prepara para o lançamento de seu novo álbum "Do passado ao presente" nesta quinta (3). O disco será o primeiro após a morte de Paulinha Abelha, que teve sua última aparição com a banda no DVD “Como não amar? — Ao vivo em Belém”.

Ele trará ao todo 26 canções, dentre elas antigas e inéditas. A banda já conta com 28 álbuns em sua carreira, sendo 19 em estúdio e 9 ao vivo, além dos álbuns promocionais.

“O passado e o presente se encontram pra falar, através das canções, de uma brihante trajetória. São 26 anos levando o melhor do forró para os quatro cantos do país”, comenta a cantora Silvânia Aquino.

Com 27 anos de história, os forrozeiros prentedem continuar trazendo novidades para os fãs.

“É mais um trabalho não só para os amantes da Calcinha Preta, mas pra todos que curtem música apaixonada”, diz uma das vozes da banda, Bell Oliver.

Sobre o título do álbum, que celebra o passado e o futuro, o vocalista Daniel Diau explica:

“Calcinha Preta marcou gerações e não tem título mais apropriado para contar se não este. Vamos reunir hits e apresentar inéditas no mesmo projeto.”

Serão regravadas as canções já conhecidas pelos fãs da banda, “E o vento levou”, “Quero ser seu namorado” na voz de Berg Rabelo e “A moçada é só filé” com Raied Neto, além de “Hello”, “Versos e Promessas”, “Falando pra lua”, “Hoje à noite”, “Desilusão”, “Mágica”, “Agora estou sofrendo” e “Um degrau na escada”. Além disso, também serão apresentadas músicas inéditas, “Você nunca me amou” e “Não sobrou nada”.

Morte de Paulinha

Parte do núcleo de vocalistas da Calcinha Preta desde 1990, Paulinha Abelha saiu da banda em 2010, mas voltou em 2014. A cantora morreu em 23 de fevereiro de 2022 na cidade de Aracaju (SE) por complicações renais. Ela passou mal inicialmente durante um show do Calcinha Preta em São Paulo e foi internada na capital sergipana. O estado da artista evoluiu para um coma profundo e a artista não resistiu.