Califórnia revisa abordagem para regular testes de direção autônoma da Tesla

·1 min de leitura

Por JaiveerSingh Shekhawat e Shubham Kalia

(Reuters) - A Califórnia está reavaliando o programa de testes de Autocondução Total (FSD) da Tesla para determinar se o software da montadora deve se enquadrar nos regulamentos de veículos autônomos do departamento de veículos do Estado norte-americano (DMV), informou o Los Angeles Times.

O FSD é um sistema avançado de assistência ao motorista que lida com algumas tarefas de direção, mas a Tesla diz que não torna os veículos completamente autônomos. Os recursos “exigem um motorista totalmente atento”, segundo a empresa.

Se os carros da Tesla forem considerados autônomos pela Califórnia, as leis estaduais exigirão que a empresa divulgue todos os acidentes ocorridos com eles em vias públicas, mesmo quando sob controle manual. Esses relatórios são tornados públicos.

"Atualizações recentes de software, vídeos mostrando o uso perigoso dessa tecnologia, investigações abertas pela Administração Nacional de Segurança no Trânsito nas Rodovias e as opiniões de outros especialistas neste espaço levaram à reavaliação", disse o DMV, segundo a reportagem.

O DMV e a Tesla não comentaram o assunto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos