Câmara dos Deputados: Veja como fica a composição da casa legislativa

Câmara dos Deputados é formada por 513 parlamentares (Foto: Getty Images)
Câmara dos Deputados é formada por 513 parlamentares (Foto: Getty Images)

No último domingo (2), ficou definida a composição da Câmara dos Deputados para 2023. O PL e PT foram os partidos com as maiores bancadas e, no total, 23 legendas foram eleitas para integrar a casa legislativa.

Veja quais partidos e coligações elegeram deputados e quantos representantes terão:

  • PL: 99 deputados

  • PT/PCdoB/PV: 80 deputados (PT com 68, PCdoB com 6 e PV com 6)

  • União Brasil: 59 deputados

  • PP: 47 deputados

  • MDB: 42 deputados

  • PSD: 42 deputados

  • Republicanos: 41 deputados

  • PSDB/Cidadania: 18 deputados

  • PDT: 17 deputados

  • Rede/Psol: 14 deputados

  • PSB: 14 deputados

  • Podemos: 12 deputados

  • Avante: 7 deputados

  • PSC: 6 deputados

  • Solidariedade: 4 deputados

  • Patriota: 4 deputados

  • Novo: 3 deputados

  • Pros: 3 deputados

  • PTB: 1 deputado

O grupo da direita, formado por PL, PP, Republicanos, União Brasil, PTB e Novo soma 250 cadeiras na Câmara dos Deputados, cerca de 49% da casa.

Os partidos independentes, sem associação direta com o presidente Jair Bolsonaro atualmente, são PSD, MDB, PSDB/Cidadania, Podemos, Patriota e PSC. Juntos, eles somam 124 deputados.

O bloco mais ligado a Lula e a esquerda tem a coligação PT/PcdoB/PV, PSB, PDT, Psol/Rede, Avante, Solidariedade e Pros. Juntos, os partidos chegam a 139 deputados.

Menor número de partidos

Com os resultados da eleição do último domingo (2), a Câmara dos Deputados terá, a partir de 2023, representantes de 23 partidos. O número é menor do que o de 2018, quando foram eleitos deputados de 30 legendas diferentes.

Há ainda a previsão de que o número caia no início do próximo ano, com migrações de deputados para outros partidos. Sem a cláusula de desempenho, legendas ficarão sem acesso ao Fundo Partidário, o que estimula a mudança entre legendas.

Em 2018, quando foram eleitos deputados de 30 partidos, apenas 21 tinham números para ultrapassar a cláusula de desempenho. Em outubro de 2022, a Câmara tem representantes de 23 legendas, após as migrações.