Câmara marca depoimento de Paulo Guedes sobre offshore para 10 de novembro

·1 min de leitura
BRASILIA, BRAZIL - JUNE 23: Paulo Guedes, Brazilian Minister of Economy, looks on during a forum on Borders Protection at Planalto Government Palace on June 23, 2021 in Brasilia, Brazil. (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)
Paulo Guedes foi convocado para prestar esclarecimentos sobre empresa que mantém em paraíso fiscal (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)
  • Paulo Guedes será ouvido no dia 10 de novembro pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados

  • Ministro da Economia foi convocado para prestar esclarecimentos sobre empresa da qual é sócio em um paraíso fiscal

  • Offshore de Guedes foi revelada após a investigação que ficou conhecida como Pandora Papers

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados vai ouvir o ministro da Economia Paulo Guedes para 10 de novembro. O tema do depoimento é a offshore, isto é, empresa que Guedes mantém no exterior. A informação foi revelada pelo portal Poder360.

A convocação de Paulo Guedes acontece no dia 5 de outubro, após a revelação da investigação chamada de Pandora Papers. A reportagem de um consórcio internacional revelou que o ministro é sócio de uma empresa nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal, cujo patrimônio é de 9,55 milhões de dólares – aproximadamente R$ 51 milhões.

O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) foi o responsável por elaborar o requerimento de convocação de Paulo Guedes, sob o argumento de que o ministro poderia ter se beneficiado do cargo para aumentar o patrimônio no paraíso fiscal.

Segundo o parlamentar, Guedes pode ter cometido crimes de responsabilidade ou de improbidade, além de tributários.

Paulo Guedes já prestaria esclarecimento na Câmara em 10 de novembro, mas sobre outro caso. Os deputados cobravam explicações a respeito de um pedido feito ao Ministério do Meio Ambiente para flexibilizar regras ambientas no país.

O ministro também foi convocado pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público e pelo plenário da Câmara para prestar depoimento sobre a offshore. Ainda não há data para que Guedes compareça a essas oitivas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos