Câmeras em carros estão punindo entregadores da Amazon

·2 minuto de leitura
Os motoristas da Amazon estão sendo punidos por alguns hábitos de direção considerados seguros e outros que fogem ao seu controle. (REUTERS/Brendan McDermid)
  • Motoristas são monitorados por câmeras com inteligência artificial

  • Funcionários da Amazon estão incomodados com a voz nos veículos

  • Gigante americana afirma que processo vai evoluir com passar do tempo

Os motoristas da Amazon estão sendo punidos por alguns hábitos de direção considerados seguros e outros que fogem ao seu controle. Os empregados da gigante americana estão questionando o uso de câmeras com inteligência artificial para os punirem durante o trabalho.

Um entregador falou com a Insider, site de notícias dos EUA, e explicou que a situação é perturbadora. "Sempre que preciso fazer uma curva para a direita, inevitavelmente acontece. Um carro me interrompe para entrar na minha pista, e a câmera, nesta voz robótica, grita comigo", disse o funcionário que se manteve em anonimato.

Leia também:

Sempre que as câmeras detectam possíveis "eventos" de direção insegura, essas ocorrências influenciam as pontuações de desempenho dos trabalhadores e podem, por sua vez, prejudicar suas chances de receber bônus, pagamento extra e prêmios. Eles também podem afetar a renda do próprio parceiro de serviço de entrega da Amazon.

Classificação dos motoristas

Esses eventos ajudam a decidir se os motoristas da Amazon recebem classificações de "ruim", "razoável", "bom" ou "fantástico". "Uma das melhorias de segurança que fizemos este ano foi lançar a telemática líder da indústria e a tecnologia de segurança baseada em câmeras em nossa frota de entregas", disse a Amazon em comunicado. "Esta tecnologia fornece aos motoristas alertas em tempo real para ajudá-los a se manter seguros quando estão na estrada."

A empresa acrescentou que viu as seguintes mudanças desde a instalação das câmeras em mais da metade de sua frota nos Estados Unidos: acidentes diminuíram 48%, sinal de parada e violações de sinal diminuíram 77%, distância de seguimento diminuiu 50%, dirigir sem cinto de segurança diminuiu 60%, e a distração ao dirigir diminuiu 75%.

Alguns motoristas da Amazon recorreram a cobrir as câmeras de suas vans com adesivos para evitar infrações desnecessárias.

Outros trabalhadores usam óculos escuros para que as câmeras não interpretem o movimento dos olhos como uma direção distraída. “As câmeras Netradyne que a Amazon instalou em nossas vans não passaram de um pesadelo”, disse um ex-motorista da companhia para a Bloomberg. "Eu pessoalmente não me sentia mais seguro com uma câmera observando cada movimento meu."

O que a Amazon diz

A Amazon afirma que os recursos são revisados ​​manualmente e que "eventos" errôneos não afetam nossos motoristas. A companhia disse em fevereiro que instalaria as câmeras em suas vans de entrega para melhorar a segurança. A mudança levantou preocupações sobre privacidade e vigilância. No mês seguinte, um motorista da Amazon pediu demissão devido à instalação da nova câmera, dizendo à Reuters: "Foi tanto uma violação de privacidade quanto uma quebra de confiança". O sistema, denominado DriverI, inclui uma câmera frontal, duas laterais e outra voltada para o motorista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos