Síria acusa Israel de ter realizado bombardeio à base aérea

Beirute, 9 abr (EFE).- As autoridades da Síria acusaram nesta segunda-feira Israel de ter realizado o ataque à base aérea T4, no centro do país, que, segundo ativistas, causou a morte de 14 soldados e milicianos.

Caças-bombardeiros israelenses F-15 lançaram vários foguetes sobre o aeroporto T4 a partir do espaço aéreo libanês, sem dar mais detalhes, disse uma fonte militar citada pela televisão oficial síria.

O Ministério de Defesa russo também garantiu hoje que foram dois aviões israelenses que atacaram a base T4.

Antes, de Jerusalém, uma porta-voz militar não quis fazer comentários sobre esse ataque ao ser perguntada pela Agência Efe sobre se seu país estava envolvido.

A agência de notícias oficial síria, a "SANA", informou na madrugada passada que a defesa antiaérea tinham repelido um ataque com mísseis contra essa base aérea, o que não impediu o impacto de vários projéteis na área. EFE