Camila, Adnet, Yuri, Kevin e mais lamentam morte de grávida no Rio: “Duas vidas pretas”

·4 minuto de leitura
Camila Pitanga, Marcelo Adnet, Yuri Marçal, Kevin O Chris e outros lamentaram a morte da designer de interiores Kathlen Romeu (Reprodução / Instagram)
Camila Pitanga, Marcelo Adnet, Yuri Marçal, Kevin O Chris e outros lamentaram a morte da designer de interiores Kathlen Romeu (Reprodução / Instagram)

A terça-feira (8) terminou de forma trágica para a família da designer de interiores Kathlen Romeu, 24 anos. Ela, que estava grávida, morreu após ser atingida por um tiro no Complexo do Lins, Zona Norte. Camila Pitanga, Marcelo Adnet, Yuri Marçal, Kevin O Chris e outros famosos lamentaram nas redes sociais.

“Duas vidas pretas que se vão de uma só vez. Kathlen estava grávida quando foi assassinada com um tiro na cabeça no Complexo do Lins, durante operação policial. Mais vidas destruídas. As que se vão e as que ficam com a dor das perdas. Meus sentimentos aos familiares e amigos”, escreveu Camila Pitanga nas redes sociais.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Leia também

Ao ‘G1’, a avó da jovem afirmou que ela havia descoberto a gestação há poucos meses e havia se mudado do local há um mês. “Estávamos indo na firma da minha filha e quando nós passamos a rua estava tranquila. Foi tudo muito de repente. A minha neta caiu, começou muito tiro. Quando eu puxei ela caiu, eu me machuquei ainda, me joguei para proteger ela, que está gravida. Eu só vi um furo no braço dela e gritei para eles me ajudarem a trazer. Perdi minha neta e meu bisneto", contou aos prantos.

“Ahh, Kathlen… Que tristeza! É inacreditável! Ano passado nos falamos quando ela quis ir ao meu show… E hoje perdemos mais uma irmã, uma filha, uma mãe! Até quando?”, questionou Yuri Marçal.

O diretor Rodrigo França também se pronunciou. “A jovem Kathlen Romeu, 24 anos, grávida de 14 semanas foi baleada e morta nesta terça-feira 8 na Zona Norte do Rio de Janeiro, após operação policial. Mais duas vidas findadas pelo Estado genocida. A cada 23 minutos um jovem negro é assassinado no Brasil”, lembrou.

A apresentadora Foquinha pediu justiça: “Meu Deus! Que ódio, que dor! O sistema de segurança falido fazendo mais vítimas. O que vão dizer agora? Até quando? Justiça pra Kathlen Romeu e seu bebê!”

O pedido foi seguido pelo cantor Kevin O Chris: “Kathlen Romeu, mulher negra e grávida de 24 anos, foi mais uma vítima do genocídio negro que o Estado promove. Mais uma operação da PM terminando em tragédia e mais uma ‘bala perdida’ encontrando um corpo negro. Não foi e nunca será coincidência. Justiça por Kathlen Romeu”, publicou. Marcelo Adnet escreveu: "Justiça para Kathleen Romeu e sua filha."

Nota da Polícia Militar

Ao ‘G1’, a Polícia Militar do Rio de Janeiro informou que os agentes de segurança teriam sido atacados na localidade ‘Beco da 14’, quando iniciaram o confronto. Eles ainda afirmam que a encontraram ferida após a troca de tiros. Eles a socorreram ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas a futura mãe não resistiu.

Veja os posts nas redes sociais:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos