Camila Pitanga relembra fase "hétero convicta" antes de namorar mulher

Camila Pitanga no
Camila Pitanga no "Saia Justa". Foto: Reprodução/GNT

Resumo da notícia:

  • Camila Pitanga relembrou descoberta de sua sexualidade ao longo da vida

  • Atriz se definia como "hétero convicta" antes de se relacionar com mulher

  • Atualmente, ela namora o filósofo Patrick Pessoa

Camila Pitanga parou para refletir sobre sua trajetória de descobertas da sexualidade ao longo dos últimos anos. Em participação no "Saia Justa", da GNT, a atriz falou sobre a imprevisibilidade das formas de amar.

"Amor é uma construção. Quando a gente acha que se achou, que se entendeu, vem a vida para oferecer uma outra janela de possibilidades", declarou.

"E a possibilidade não necessariamente tem que estar ligada a gênero. Você tem que amar as pessoas", acrescentou a apresentadora Astrid Fontenelle.

Na sequência, Camila relembrou quando acreditava que era heterossexual e passou a entender que poderia viver outras experiências. "Sempre fui uma hétero convicta. Convicta não, mas era dada, formatada. E ao longo da minha descoberta com a sexualidade eu vi que não precisa ser só naquele lugar", disse ela, que viveu um namoro de dois anos com a atriz Beatriz Coelho, de quem se separou em dezembro de 2020.

"E também não fico presa nessa condição de que agora só posso namorar mulher. Isso é uma caretice também. Eu quero amar", completou ela, que atualmente namora o filósofo Patrick Pessoa.

Inclusive, a atriz se mostrou completamente apaixonada pelo amado, com quem se relaciona há cerca de um ano e meio. "Você está com um olhar de apaixonada", comentou Sabrina Sato. "Eu estou muito apaixonada", confirmou Pitanga. "Aí você fala de amor maduro com ele", concluiu Fontenelle.