Camilla de Lucas chora ao relatar constrangimento em voo na classe executiva

<p>Camilla de Lucas na festa de aniversário de 24 anos de Luísa Sonza, em São Paulo (foto: Patrícia Devoraes e Lucas Ramos / Brazil)</p>
Camilla de Lucas foi constrangida durante voo (foto: Patrícia Devoraes e Lucas Ramos / Brazil)

Resumo da Notícia:

  • Camilla de Lucas relatou constrangimento que passou em voo

  • A influenciadora conversou com os seguidores nas redes sociais

  • O episódio pode ser lido como racismo estrutural por conta da forma que ocorreu

Camilla de Lucas relatou uma situação constrangedora nesta terça-feira (13). A apresentadora e influenciadora digital contou que estava voltando para o Brasil na classe executiva de um voo, que é mais cara, quando foi abordada por uma aeromoça.

“Falo pra vocês que as coisas acontecem ,vocês acham que é mentira. Estou voltando pra casa agora, viajando de executiva. O voo está cheio, todos os assentos estão ocupados. A mulher só veio perguntar o meu lugar se realmente estava sentada aqui. Só pediu o meu cartão para ver se o meu lugar era esse. O voo cheio e ela não pediu pra ver o de ninguém, só o meu", contou emocionada.

Já chorando, ela continuou a relatar a situação de racismo estrutural. “Falo pra vocês que essas coisas acontecem! É um constrangimento ser a única a precisar comprovar. Tinham dois brasileiros aqui que viram e me confortaram! Só caiu a minha ficha porque eu não estava entendendo. Não é fácil, galera", completou.

Camilla relatou que chegou a confrontar a aeromoça. “Peguei o cartão e mostrei pra ela. Perguntei: 'por que você pediu só pra ver o meu cartão?' Ela: 'não, só para conferir os lugares'. Depois que sentei que comecei a ficar nervosa, fiquei desnorteada. É um constrangimento, as pessoas acharem que a gente não pode ocupar determinados lugares”, concluiu.