Caminhão, carros e 50 manifestantes bloqueiam fronteira do Brasil com a Venezuela

MANAUS, AM (FOLHAPRESS) - Cerca de 50 manifestantes, carros de passeio e um caminhão atravessado na BR-174 bloqueiam a fronteira do Brasil com a Venezuela, em Pacaraima (RR). A informação é da PRF (Polícia Rodoviária Federal) no estado.

A interrupção do tráfego pelos golpistas, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), derrotado nas urnas no domingo (30) começou no fim da manhã desta terça-feira (1º). Até o meio da tarde, o bloqueio prosseguia. Policiais rodoviários federais se dirigiam a Pacaraima, que fica a 215 km de Boa Vista, no começo da tarde.

Segundo a PRF, o bloqueio será desmobilizado, em cumprimento à decisão do STF (Supremo Tribunal Federal).

A PRF disse ainda que a PM atua no local, mas, de acordo com a assessoria do governo de Roraima, policiais militares atuam na segurança na cidade, e não diretamente no bloqueio, mesmo com a decisão do STF que valida a ação de PMs contra os golpistas.

A assessoria do governo de Roraima disse que a atuação no bloqueio se dará em conjunto com a PRF.

O governador de Roraima, Antonio Denarium (PP), é bolsonarista e foi reeleito em primeiro turno. Bolsonaro teve em Roraima a maior proporção de votos no segundo turno, com 76,08% dos votos válidos.