Caminhoneiros estariam preparando nova paralisação

Caminhoneiros de todo o Brasil estariam se articulando para realizar uma paralisação semelhante à que aconteceu em maio do ano passado (Fom Conradi/Futura Press)

Caminhoneiros de todo o Brasil estariam se articulando para realizar uma paralisação semelhante à que aconteceu em maio do ano passado. De acordo com a Agência Estado, os profissionais estão descontentes com a falta de cumprimento das medidas prometidas pelo ex-presidente Michel Temer.

GSI monitora

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) estaria investigando essa possibilidade e teria identificado movimentações pelo WhatsApp que sugerem a paralisação no dia 30 de março. Para o GSI, apesar de não possuir a força de antes, o movimento pode crescer e se tornar perigoso para o governo, que quer evitar de toda maneira novas paralisações.

Por que os caminhoneiros estão descontentes?

Wallace Landim, conhecido como Chorão, presidente das associações Abrava e BrasCoop, que representam a classe, se encontrou com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, com diretores da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e do Ministério da Infraestrutura, em busca de soluções para o impasse. Segundo ele, o governo garantiu que em breve o presidente se manifestará sobre os pedidos. Os caminhoneiros pedem que seja respeitado o pagamento do piso mínimo da tabela de frete, além de que seja estabelecido um mecanismo que regule os aumentos do diesel mensalmente, e não diariamente.

Questionado, Landim disse que não é a favor de paralisações na próxima semana, mas ressaltou que as mudanças não estão acontecendo na velocidade que a classe esperava.  “Não acredito que deva ocorrer greve no dia 30, mas paralisações não estão descartadas. Estamos conversando”, declarou.