Caminhoneiros de saída do Reino Unido terão que submeter-se a testes de covid-19

·1 minuto de leitura
O governo britânico anunciou que chegou a um acordo com a França para que caminhoneiros bloqueados no Reino Unido devido ao fechamento da fronteira possam deixar o país após realizar um teste rápido para covid-19

O governo britânico anunciou nesta terça-feira que chegou a um acordo com a França para que caminhoneiros bloqueados no Reino Unido devido ao fechamento da fronteira possam deixar o país após realizar um teste rápido para covid-19.

"Todos os caminhoneiros, independentemente de sua nacionalidade, devem se submeter a um teste de diagnóstico rápido de covid-19", cujo resultado é comunicado em 30 minutos, informou o Ministério dos Transportes britânico em um comunicado.

O protocolo será revisto em 31 de dezembro, mas "pode permanecer em vigor até 6 de janeiro", disse a entidade.

Devido ao surgimento de uma mutação SARS-CoV-2 no sudeste da Inglaterra, cerca de 50 países suspenderam ou restringiram as conexões com o Reino Unido, que estava praticamente isolado.

Nesta terça-feira, porém, a Comissão Europeia recomendou que os países do bloco comunitário facilitem a retomada do tráfico.

mpa/lpt/jvb/am