Campanha quer 'Bolsonaro light' na convenção para oficializar candidatura

Jair Bolsonaro (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)
Jair Bolsonaro (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)

O núcleo político da campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) à reeleição quer apresentar um “Bolsonaro light” na convenção partidária que vai oficializar a candidatura no próximo domingo (24), no Rio de Janeiro.

Segundo a coluna da jornalista Malu Gaspar, do jornal O Globo, a ideia dos marqueteiros é usar o evento para tentar projetar uma imagem do atual presidente “menos radical e mais palatável”. A convenção pretende reunir 10 mil apoiadores no ginásio do Maracanãzinho.

Ainda de acordo com a coluna, no discurso que os auxiliares estão escrevendo para Bolsonaro falar, não terá menções de fraude nas urnas eletrônicas e nem sobre a segurança do sistema de votação.

Além disso, se o chefe do Executivo seguir o conselho do núcleo político, também não provocará o STF (Supremo Tribunal Federal) e nem o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O que se espera, portanto, é que Bolsonaro fale apenas de realizações do governo, citando também os motes da campanha, família e liberdade.

Para melhorar o desempenho do eleitorado feminino, as autoridades que vão subir ao palco devem levar as esposas. A coluna da jornalista Malu Gaspar também apurou que há um esforço para que a primeira-dama Michelle Bolsonaro também fale no evento.

Sobre a cobertura da imprensa, os jornalistas terão uma área específica, com entrada à parte, e a segurança também será orientada a não permitir agressões a repórteres, como chegou a acontecer em 2018.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos