Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada, e Rio espera imunizar mais 350 mil pessoas

Vacinação contra a gripe entra na terceira e última fase

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe foi prorrogada até 30 de junho após determinação do Ministério da Saúde. Com o novo prazo, a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), espera imunizar mais 350 mil pessoas dos grupos prioritários. Até esta quinta-feira, dia 28, foram aplicadas 1,5 milhão de doses, o que corresponde a 72% do desejado.

Antes o prazo do fim da campanha era previsto para o dia 5 de junho. Agora, o município do Rio espera atingir a meta de vacinar 1,8 milhão. Entre o público alvo, a vacinação teve pouca adesão, até o momento, de grávidas, mulheres em pós-parto, crianças de 6 meses a 6 anos incompletos e adultos de 55 a 59 anos de idade.

A população pode buscar atendimento nas 233 clínicas da família e centros municipais de saúde, de segunda a sexta, das 8h às 17h. As unidades que abrem aos sábados funcionam até 12h. Crianças só podem ser atendidas nestas unidades de saúde.

Ao longo da próxima semana, de 1º a 5 de junho, pontos extras estarão em funcionamento para atender a população, sempre das 9h às 16h. Técnicos do Exército vão aplicar as doses, numa parceria entre a SMS com o Comando Conjunto Leste das Forças Armadas e com o Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte. São eles:

Há parceria com as redes de farmácias (A Nossa Drogaria, Drogarias Pacheco, Venâncio e Farmácia do Leme) continua em 16 endereços até sexta-feira, dia 5, das 10h às 16h. A lista completa das unidades pode ser conferida aqui.

O uso de máscaras é obrigatório para adultos e crianças, a partir de 2 anos.