Campeã de 2022, Grande Rio quebra um dos maiores tabus do carnaval carioca

·1 min de leitura

RIO — Caçula do Grupo Especial, fundada em 1988, a Acadêmicos do Grande Rio conquistou em 2022 o primeiro título de sua história. O campeonato coloca fim a um dos maiores tabus do carnaval carioca. Desde 1993 na elite das escolas de samba do Rio, a tricolor de Caxias entrou como favorita em diversos carnavais, mas bateu na trave até então.

Com a terceira colocação quatro ocasiões (2003, 2005, 2008 e 2015) e amargando o vice-campeonato em quatro carnavais (2006, 2007, 2010 e 2020), a Grande Rio espantou o tabu este ano. Após o vice campeonato, tendo empatado em pontos com a campeã Viradouro em 2020, desfilou com o enredo "Fala, Majeté! Sete chaves de Exu", em que também conquistou o Estandarte de Ouro de melhor escola.

Durante o esquenta do desfile deste ano, o presidente Milton Perácio falou sobre a expectativa do título:

— Hoje a Grande Rio pede licença para pisar neste terreiro. A nossa comunidade é aguerrida e vamos para o título que estamos perseguindo há muitos anos — gritou ao microfone momentos antes do início do desfile.

* Estagiário sob supervisão de Leila Youssef

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos