Canadá doará sistema antiaéreo americano para Ucrânia

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, anunciou, nesta terça-feira (10), a compra junto aos Estados Unidos de um sistema de defesa antiaérea para a Ucrânia.

Trata-se do primeiro sistema antiaéreo NASAMS que o Canadá oferece à Ucrânia, segundo Ottawa, que estima o valor da doação em cerca de 406 milhões de dólares canadenses (US$ 302 milhões). O anúncio foi realizado após um encontro bilateral entre Trudeau e o presidente americano, Joe Biden, no México.

Este sistema de defesa busca contra-atacar os bombardeios maciços da infraestrutura crítica ucraniana por parte da Rússia.

"É a máxima prioridade. É a razão pela qual o Canadá compra um sistema avançado de mísseis terra-ar dos Estados Unidos para doá-lo à Ucrânia", explicou Anita Anand, ministra da Defesa do Canadá, após uma conversa com seu colega ucraniano.

O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, por sua vez, agradeceu o gesto.

"Obrigado por nos ajudar a proteger o nosso céu. O NASAMS que o Canadá conseguiu para nós será um escudo sólido para nossas cidades e nossos cidadãos", escreveu Zelensky no Twitter.

Este sistema de mísseis se soma a blindados, morteiros, roupas de inverno e munições que o Canadá entregou à Ucrânia para ajudá-la a conter a invasão russa.

Outros países, como Estados Unidos, Noruega, Espanha, Alemanha e França, entregaram sistemas antiaéreos a Kiev.

ast/tib/vgr/dl/atm/rpr/ic