Canadá pagará US$ 360 a idosos para ajudá-los a enfrentar a pandemia

(ARQUIVO) Primeiro-ministro canadense Justin Trudeau

O Canadá anunciou nesta terça-feira um pagamento equivalente a US$ 360 para idosos, a fim de ajudá-los a cobrir as despesas em meio à pandemia do COVID-19, por eles serem considerados a parte da população mais exposta.

Cerca de sete milhões de canadenses se qualificam para esse subsídio.

"As últimas semanas foram particularmente difíceis para os adultos mais velhos e suas famílias", disse o primeiro-ministro Justin Trudeau a repórteres. "Nossos pais e avós correm maior risco de contrair COVID-19 e sofrer as consequências mais graves", acrescentou.

A pandemia, disse ele, revelou deficiências em centros geriátricos, onde quase 80% das pessoas infectadas pelo vírus no Canadá morreram.

Além disso, o confinamento deixou muitos idosos isolados e obrigados, por exemplo, a arcar com o custo da entrega em domicílio de remédios e alimentos, por não poderem fazer compras nas lojas, disse Trudeau.

"Isso é muito difícil para o seu humor e suas finanças", acrescentou.