Canadá tira títulos de 'pai' e 'mãe' de formulários administrativos

O governo canadense substituirá os títulos "pai" e "mãe" pelo de "pais" nos formulários oficiais

A administração canadense substituirá os títulos "pai" e "mãe" pelo de "pais" nos formulários oficiais, e evitará usar as palavras "senhor" e "senhora" a menos que a pessoa o solicitar, disse um funcionário nesta quarta-feira (21).

"O governo canadense decidiu colocar um gênero neutro em todos os seus formulários", disse à AFP Mathieu Filion, diretor de Comunicações do Ministro da Família, Jean-Yves Duclos.

O Service Canada, organismo encarregado dos serviços federais aos cidadãos, "decidiu rever todos os formulários (porque) não estão adaptados às realidades de hoje", explicou Filion.

A decisão foi tomada concretamente após um percalço, reportado em janeiro pelo ministro Duclos, de um casal homossexual da Nova Escócia (leste) que solicitou um cartão do seguro social para seu filho, onde "perguntaram quem é o pai, quem é a mãe", disse o porta-voz. "Hoje, perguntamos os nomes dos pais".

A atualização de todos os formulários eletrônicos, no entanto, não foi concluída, pois supõe um importante trabalho de codificação.

Na correspondência por correio postal, o governo canadense evitará agora encabeçar com "senhor" ou "senhora".

"Não haverá gênero, a carta será enviada no nome da pessoa simplesmente", disse Filion.

Além disso, para atender ao telefone, o funcionário começará "perguntando à pessoa: 'Como quer que o chamemos hoje?' Alguns dirão senhor X, senhora x, ou simplesmente seu nome... ", explicou o porta-voz do ministro.

Esta medida está de acordo com outras políticas do governo liberal de Justin Trudeau, que fez da luta pela igualdade de gênero uma prioridade, tanto em nível nacional, quanto internacional.