Canadense passageiro de cruzeiro retido no Recife testou positivo para coronavírus

Mais de 600 passageiros e tripulantes estão impedidos de desembarcar de um cruzeiro no Recife

Um canadense, de 78 anos, passageiro do cruzeiro retido no Recife, testou positivo para coronavírus, como informou o "Jornal nacional". A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) espera ainda o exame da turista irlandesa, que também estava no navio. Ela e o canadense estão internados em um hospital da capital pernambucana em observação e sem previsão de alta.

São 609 pessoas, de 18 nacionalidades (a maioria é dos Estados Unidos e do Rio de Janeiro, sendo sete brasileiras), mantidas em isolamento. O navio está retido no porto desde quinta-feira, dia 12. O governador de Pernambuco está discutindo com o Ministério da Saúde, a Anvisa e a empresa responsável pelo cruzeiro um plano para retirar as pessoas do navio de forma segura.

Antes de chegar a Pernambuco, o cruzeiro passou por Salvador, Búzios (RJ), Paraty (RJ) e Itajaí (SC), e além do Brasil, a embarcação passou por Chile, Argentina e Uruguai, informou o Diário de Pernambuco. O barco deveria ter seguido para o Ceará na última sexta-feira, dia 13.