Candidata a governadora de Minas declara não ter bens

Urna eletrônica (Foto: Getty Images)
Urna eletrônica (Foto: Getty Images)

Lourdes Francisco, candidata ao governo de Minas Gerais, não declarou patrimônio no registro de candidatura do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Segundo informações do portal g1, em 2016, quando foi suplente de vereador em Grão Mogol, no norte do estado, ela também não declarou lista de bens.

O nome de Lourdes como candidata ao governo de Minas foi oficializada pelo PCO no dia 31 de julho.

Ela é professora aposentada e artesã.

Romeu Zema

Romeu Zema (Novo), que concorre à reeleição no governo de Minas Gerais, declarou, em seu registro no TSE, um patrimônio de R$ 129.795.313,70. O aumento durante seu governo foi de 46%.

O valor é bem acima daquele que declarou há quatro anos, quando foi eleito. Em 2018, seu patrimônio era de R$69.752.863,96.

Na correção da inflação, o valor hoje seria de R$ 88.370.021,93, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado a partir do Banco Central.

As novidades em relação à primeira declaração são "quotas ou quinhões de capital" e aplicação de renda fixa, além de um terreno no valor de R$ 70 mil. As informações são do portal g1.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022: