Candidato ao governo de MG, PM compara sua trajetória à de JK

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Candidato do PMB ao governo de Minas Gerais, o policial militar Paulo Tristão comparou em vídeo de campanha sua trajetória à do ex-governador e ex-presidente Juscelino Kubitschek.

Conhecido como Cabo Tristão, o candidato lembra no vídeo que JK iniciou sua carreira pública como médico da PM (Polícia Militar) mineira.

"Em 31 de janeiro de 1951, policiais militares, policiais civis e todos ligados à área da segurança resolveram eleger um militar para governar Minas Gerais", afirma um narrador no vídeo.

O próprio Tristão aparece, em seguida, para complementar. "A história se repete depois de 71 anos, de Juscelino Kubitschek aos dias de hoje", diz.

Embora apareça no vídeo ao lado de Jair Bolsonaro (PL), ele diz não comungar do mesmo discurso do presidente sobre segurança pública. Para Tristão, o mote de que "bandido bom é bandido morto" é vazio.

"Segurança pública se faz com educação, geração de empregos, esportes, lazer, incentivo ao turismo, reforma administrativa, reforma tributária e proteção social", afirma.

Ele também aponta como bandeiras a defesa dos desabrigados e a implementação de mais restaurantes populares e temas ambientais.