Candidato colombiano diz que sua vida está em risco e cancela atos públicos

O candidato presidencial colombiano Rodolfo Hernández cancelou suas atividades públicas a 10 dias da eleição contra o esquerdista Gustavo Petro, devido ao "risco" que corre a sua vida, anunciou nesta quinta-feira no Twitter.

"Para minha segurança e para garantir a possibilidade de uma eleição democrática em 19 de junho, tomei a decisão de cancelar todas as minhas aparições públicas entre agora e as eleições", tuitou o candidato milionário.

"Neste momento tenho certeza de que minha vida está em risco", escreveu em outra mensagem.

Durante uma entrevista coletiva, Hernández, 77 anos, denunciou que está sendo feita uma campanha contra ele.

"Eles estão planejando nos destruir com falsas testemunhas e depoimentos falsos", disse ele, sem citar nomes, acrescentando depois: "Já recebi avisos de que eles estariam tentando me matar".

"Não será com balas, vai ser com faca", acrescentou.

O ex-prefeito de Bucaramanga, que convenceu os eleitores com seu discurso anticorrupção e seus relatórios gerenciais diários por meio de transmissões nas redes sociais, viajou para a Flórida para conquistar os votos da importante comunidade local.

No sul do estado há 100.000 cidadãos colombianos aptos a votar, dos quais metade foi às urnas no primeiro turno.

gma/mr/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos