Fiscal do TRE registra BO após ser agredido por candidato a vice-prefeito em Caxias

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Redes sociais
Foto: Reprodução/Redes sociais

Um fiscal da 127ª Zona Eleitoral de Duque de Caxias registrou boletim de ocorrência na 59ª Delegacia de Polícia Civil contra o candidato a vice-prefeito do Partido Verde (PV), Pedro Paulo Noyma, o Professor Pedro Paulo.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), o fiscal apresentou perícia médica atestando traumatismo de córnea. O relatório da fiscalização foi encaminhado ao Ministério Público Eleitoral (MPE), que deverá ajuizar ação contra o candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Gutemberg dos Santos, o Professor Gutemberg (PV).

A agressão teria ocorrido no domingo passado, 8. Segundo o TRE, Gutemberg também hostilizou o fiscal, com apoio de cabos eleitorais. A agressão ocorreu após o fiscal obrigar os candidatos a desligar o som de um caminhão irregular na Praça Roberto Silveira, a menos de 200 metros de estabelecimento de ensino e prédios públicos.

O grupo formado pelos candidatos e cabos eleitorais desobedeceu e começou a ameaçá-lo. Enquanto aguardava a chegada de reforço da Polícia Militar, o fiscal do TRE-RJ foi cercado e agredido pelos cabos eleitorais, incitados por Pedro Paulo aos gritos de "mata ele".

Essa foi a segunda vez que Pedro Paulo recusou-se a atender as orientações dos fiscais do TRE-RJ, segundo o próprio tribunal. Na primeira vez, em 25 de outubro, o político havia cometido a mesma infração, no mesmo local, com caminhão de som estacionado na área interna da praça. Na ocasião, os fiscais conversaram com a campanha e não houve apreensão do equipamento. Ao longo da semana, o perfil do candidato no Facebook tem publicado insultos ao fiscal eleitoral, entre os quais "primata" e "homicida".

O TRE diz que a a Notícia de Irregularidade será encaminhada também à Polícia Federal.