Candidatos pró-Macron chegam à frente no primeiro turno das legislativas entre residentes no exterior

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Candidatos do partido do presidente Emmanuel Macron e seus aliados de centro-direita, reunidos na coligação Juntos (Ensemble), ficaram em primeiro lugar em oito das 11 circunscrições eleitorais de franceses que residem no exterior, no primeiro turno das legislativas. A aliança de esquerda Nova União Popular Ecológica e Social (Nupes) se classificou para o segundo turno em dez das 11 circunscrições, confirmando o sucesso da união dos progressistas como grande força de oposição a Macron.

Por questões logísticas, no final de abril, os eleitores franceses que moram no exterior começaram a votar nas legislativas marcadas para 12 e 19 de junho. No último fim de semana, os inscritos que preferiam o voto presencial puderam se manifestar nas 11 circunscrições existentes no exterior. O pleito irá renovar a Assembleia Nacional francesa, composta por 577 deputados.

A derrota do ex-primeiro-ministro Manuel Valls, que concorria pela coligação de Macron e foi eliminado por um candidato da aliança de esquerda, foi o fato marcante dessa primeira etapa de votação.

O ex-premiê socialista, que recentemente se alinhou a Macron, disputava um mandato de deputado pela circunscrição que representa os franceses residentes na Espanha, em Portugal, Andorra e Mônaco. Entretanto, Valls ficou em terceiro lugar. O vencedor da Nupes, Renaud Le Berre, irá disputar o segundo turno com Stéphane Vojetta, que era do partido governista, mas teve de ceder seu lugar para Valls por escolha de Macron, que quis agradecer o socialista por seu apoio na eleição presidencial.


Leia mais

Leia também:
Emmanuel Macron troca governo e nomeia Élisabeth Borne como primeira-ministra
França: coalizão da esquerda para eleições legislativas conta com apoio de eleitores progressistas
Começa campanha para eleições legislativas na França; entenda o sistema e o que está em jogo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos