Candidaturas de mulheres para prefeituras cresceu 0,1% em relação à 2016

·1 minuto de leitura
salvador, bahia/brazil - July 31, 2018:  Electronic ballot box used by the electoral justice in the elections in Brazil."n"n
(Foto: Getty Images)

Os homens continuam sendo a esmagadora maioria dos candidatos ao cargo de prefeito nas cidades brasileiras. Um levantamento feito pelo portal Gênero e Número mostra que o índice de candidatas a prefeituras é de 13% e o número cresceu apenas 0,1% em relação às eleições municipais de 2016.

Em relação ao cargo legislativo que será disputado nesse ano, de vereador, as mulheres representam 34% das candidaturas. Ao todo, 180 mil tentam um posto nas Câmaras Municipais, número 1,3% maior do que quatro anos atrás.

Segundo o Gênero e Número, o estado com mais candidatadas é Roraima, onde 35,5% das postulantes são mulheres. O crescimento de mulheres tentando se eleger vereadoras foi de 11%.

Leia também:

A Paraíba foi o estado que menos teve variação em relação ao ano de 2016. A quantidade de mulheres candidatas cresceu apenas 1,36%. Já Pernambuco tem a menor proporção de candidatas, com 32%.

Em relação à raça, a mudança foi mais expressiva. Em 2020, pela primeira vez, haverá mais negros que brancos concorrendo.