Cano marca hat-trick relâmpago e entra para o 'Clube dos 40' de artilheiros do Fluminense, quebrando jejum de 52 anos

Em 12 minutos, o argentino Germán Cano marcou três gols, garantiu os três pontos do Fluminense na vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo e quebrou alguns recordes. Um deles foi o de atingir a meta dos mais de 40 gols em uma temporada pelo tricolor, e ao chegar ao 42 na tarde deste sábado, o argentino quebrou um jejum de 52 anos.

O clube dos 40 tem Flávio (1970), Hércules (1936 e 37), Orlando Pingo de Ouro (1948) e Waldo, que conseguiu a façanha quatro vezes (1956, 57, 59 e 60). Confira:

Cano também deixou para trás algumas outras marcas do tricolor carioca, como o maior artilheiro em uma temporada no Fluminense (antes, era Magno Alves, com 39 gols). Além disso, virou o maior artilheiro estrangeiro do Fluminense em uma única temporada: ele alcançou a marca do compatriota Doval, em 1976. Ainda bateu o número de 22 gols marcados por Fred no Brasileiro de 2011 e se tornou o maior artilheiro do clube no torneio.

Para completar, ele também se transformou no maior artilheiro estrangeiro em única edição de Brasileiro, contando todas as suas edições. Até então, o colombiano Aristzábal havia sido o único atacante nascido fora do Brasil a marcar 21 gols na competição, com o Cruzeiro em 2003.