Cano x Hulk: Fluminense x Atlético-MG coloca frente a frente artilheiros do ano entre atletas da Série A; veja números

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O duelo entre Fluminense e Atlético-MG, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, será um duelo especial entre centroavantes — e, de certa forma, um clássico entre Brasil e Argentina. Artilheiros do tricolor e do Galo, respectivamente, Germán Cano e Hulk são os artilheiros do ano do futebol brasileiro entre os atletas que disputaram a Série A do Campeonato Brasileiro. Eles se enfrentam pela 10ª rodada do torneio.

Cano e Hulk também são os artilheiros de Fluminense e Atlético-MG na temporada e têm números parecidos em participação em gols. Dados levantados pelo GLOBO mostram que o atacante argentino é responsável por 37,50% dos tentos tricolores em 2022, enquanto o do Galo tem interferência em 36,67% deles.

Na lista geral, o artilheiro do Brasil é Mario Sergio, do Fluminense-PI, que tem 24 gols marcados em 2022. Mas Cano e Hulk lideram a lista de atletas que disputam apenas a Série A do Campeonato Brasileiro com 19 tentos anotados. Raphael Veiga, do Palmeiras, completa o Top-3. Confira a lista:

1. Hulk (Atlético-MG) e Cano (Fluminense) - 19 gols

3. Raphael Veiga (Palmeiras) - 18 gols

4. Calleri (São Paulo) e Gabigol (Flamengo) - 16 gols

6. Erison (Botafogo) e Léo Gamalho (Coritiba) - 13 gols

8. Mendoza (Ceará) e Yago Pikachu (Fortaleza) - 13 gols

10. Pedro Raul e Nicolas (Goiás) - 11 gols

Curiosamente, este será o primeiro duelo entre Cano e Hulk na carreira. Isso porque o atleta do Galo voltou ao Brasil em 2021, enquanto o argentino estava disputando a Série B com o Vasco. Agora no Fluminense, terá a chance de enfrentá-lo. Mas no confronto direto diante das equipes, ambos tem motivos para se orgulhar.

Principalmente Hulk. Desde que retornou ao Brasil, enfrentou o Fluminense cinco vezes e tem quatro gols marcados. Também foi decisivo na classificação mineira diante do tricolor na Copa do Brasil na reta final da conquista do Brasileiro de 2021. Ao todo, foram quatro duelos defendendo o Atlético-MG e um com o Vitória, em 2004.

Já no caso de Germán Cano, os dois jogos foram pelo Vasco, sendo uma derrota e uma vitória cruz-maltina: revés por 4 a 1 e triunfo por 3 a 2. Aliás, na segunda partida, anotou dois gols — o que naturalmente o deixa com média de um gol por partida diante do Galo.

Fluminense sem pânico e Galo confiante

Ao olhar para a tabela de classificação, a proximidade do Fluminense da zona de rebaixamento pode ligar um alerta. E ele está ligado. Mas internamente a avaliação é para evitar um pânico exagerado. É neste clima que o tricolor enfrenta o Atlético-MG, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.

Diante do Atlético-MG, o Fluminense também inicia uma série de jogos em casa. Dos próximos sete jogos a serem disputados somando Brasileiro e Copa do Brasil, seis serão no Rio de Janeiro, sendo cinco como mandante. A exceção será contra o América-MG, no Independência, no dia 15.

O técnico Fernando Diniz terá retornos e reforços. Após cumprir suspensão contra o Juventude, David Brazvolta a ficar à disposição e deve formar dupla de zaga com Manoel. Nino, por sua vez, segue na transição após sentir dores na coxa. Já na lateral, Pineida é outro que segue fora. De volta da seleção colombiana, Jhon Arias treinou com o grupo e deve ser titular.

Após algumas improvisações, Cristiano é o favorito para começar na lateral-esquerda. Marlon e Caio Paulista correm por fora nesta disputa. Estão fora ainda Nonato, suspenso, e Nathan, emprestado pelo próprio Atlético-MG.

No Atlético-MG, o técnico argentino "El Turco" Mohamed definiu a escalação para o jogo contra o Fluminense. Galo deve ter retornos de Guilherme Arana e Keno entre os relacionados, mas com ambos no banco de reservas; o defensor chegará na manhã desta quarta-feira (8) ao Rio de Janeiro, após amistosos com a Seleção Brasileira, e deve ser opção ao menos no banco de reservas do Galo.

Vargas e Zaracho, ambos em tratamento de lesões musculares, seguem fora. Com 16 pontos, o Alvinegro ocupa o 3° lugar na tabela de classificação e pode pular para a liderança em caso de tropeços de Corinthians e Palmeiras, que enfrentam Cuiabá e Botafogo, respectivamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos